quinta-feira, 3 de abril de 2014

Uma breve história da mulher na política do Brasil

Por muito tempo a mulher foi vista como submissa ao homem e foi sendo deixada à margem dos registros históricos. No cotidiano, a mulher se via em outro papel que era o oposto do estabelecido pela sociedade patriarcal. Pois nesse, a mulher, desde a colonização do Brasil, vinha se destacando, tinha participação ativa à frente das coisas do dia a dia não só da administração do lar, mas também dos negócios da família e em coisas públicas.

Com o passar dos anos, essa mulher foi rompendo com os paradigmas pré-estabelecidos pela sociedade, podendo assim garantir o seu espaço.

Hoje, no século XXI, podemos notar com clareza a participação da mulher na sociedade. Um fato marcante é a eleição de uma presidente mulher para conduzir o destino da nação, entretanto, isso não é uma novidade. Se olharmos para o nosso passado nos depararemos com situações nas quais a mulher teve destaque em decisões políticas, como no caso de Dona Inês de Sousa, mulher do governador da capitania do Rio de Janeiro, Salvador Correia de Sá, que foi responsável pela defesa da cidade do Rio de Janeiro contra o ataque de corsários franceses entre os anos de (1578 – 1598). A Princesa Isabel, que assumiu a regência, tendo ainda abolido a escravidão....

PARA CONTINUAR LENDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário